sábado, 6 de agosto de 2016

20 anos de Cia Verás!

Em 2016 a Cia Verás de Teatro comemora seus 20 anos de atividades com bolo, teatro e exposição!
A exposição é na Biblioteca Pública do Paraná do dia 06 ao dia 17 de agosto, com entrada gratuita.



sexta-feira, 29 de julho de 2016

Espetáculos do Domingo tem Teatro têm datas definidas

A Secretaria de Estado da Cultura realizou nesta terça-feira (26/07) pela manhã o sorteio para definição das datas de apresentação dos 15 projetos selecionados no 1º edital do Domingo tem Teatro. Participaram da reunião os proponentes dos projetos e, da SEEC, o coordenador de Ação Cultural, Rogério Tonetti, o responsável pela Setorial de Teatro, Luiz Henrique Fernandes, e o diretor do Teatro José Maria Santos, José Tadeu Basso.

Os 15 espetáculos qualificados são destinados a crianças e adolescentes e serão apresentados de 7 de agosto a 13 de novembro de 2016, aos domingos, às 11h, no Teatro José Maria Santos. O ingresso para assistir às peças será a doação de um brinquedo novo, que será repassado para o Programa do Voluntariado Paranaense – Provopar Estadual.

Domingo tem Teatro

O projeto tem como objetivo valorizar e incentivar a produção cultural dos grupos teatrais paranaenses destinada ao público infantojuvenil e garantir o acesso de crianças e adolescentes a opções de lazer e entretenimento saudáveis, de qualidade e de relevância artística.

Confira a ordem das apresentações definida pelo sorteio:

-> Dia 07/08 - Histórias Brincantes de Muitos Amigos
-> Dia 14/08 - Kartas de Uma Boneka Viajante
-> Dia 21/08 - EBA! - A Extraordinária Biblioteca de Alexandria
-> Dia 28/08 - As Espertezas de Arlequim
-> Dia 04/09 - Fiabe, Cozinha Fantástica Italiana
-> Dia 11/09 - Lazarilho
-> Dia 18/09 - A Bela e a Fera
-> Dia 25/09 - João e Maria
-> Dia 02/10 - Brincando de Circo
-> Dia 09/10 - Estilhaços e... Algo Assim
-> Dia 16/10 - Rosas Para Margarida
-> Dia 23/10 - Histórias à Brasileira - Causos e Cantoria Para Crianças
-> Dia 30/10 - Irmãos Zulus
-> Dia 06/11 - Cantos e Contos
-> Dia 13/11 - Florentine e Seus Encantamentos


Fonte: SEEC - http://www.cultura.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=2593&tit=Espetaculos-do-Domingo-tem-Teatro-tem-datas-definidas

quinta-feira, 5 de maio de 2016

A partir de julho, Domingo tem Teatro!


Nesta terça-feira (03/05/2016) conquistamos mais uma vitória pelo teatro para a infância e juventude no estado do Paraná!
A Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) lançou o edital Domingo Tem Teatro, que vai selecionar e premiar 24 espetáculos de teatro para crianças e adolescentes. Estavam presentes na solenidade de lançamento do edital a diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra (CCTG), Mônica Rischbieter; o diretor artístico do CCTG, Cleverson Cavaleiro, o diretor artístico do Teatro José Maria Santos, José Basso, o vice-presidente do Provopar Estadual, Tufy Karan Geara, o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani e as representantes da ATINJ-PR, Letícia Guimarães (presidente) e Fátima Ortiz (vice-presidente).

Conforme o site da SEEC:
"O objetivo é garantir que o publico paranaense tenha opções de lazer e entretenimento, e também de valorizar a produção cultural dos grupos teatrais do Estado.
O projeto atende a meta 15 da proposta do Plano Estadual de Cultura, que é de implementar programas de formação de público e fomentar ações que atendam ao Plano Estadual da Criança e Adolescente.

'Desenvolvemos o projeto Circula Paraná que engloba uma série de ações culturais como o PROFICE, que no primeiro edital vai incentivar 174 projetos, que proporcionarão 950 ações em 209 municípios do Paraná. O Circula Paraná também viabilizou a captação de projetos que atenderão 75 cidades, e agora o Domingo Tem Teatro que é totalmente direcionado ao público infantil. Desta forma o Governo do Paraná, por meio da Secretária de Estado da Cultura vai desenvolvendo cada vem mais a cultura do nosso Estado', diz Fiani.

O projeto vai atender uma demanda importante para as crianças paranaenses. As apresentações acontecerão no Teatro José Maria Santos, sempre às 11 horas, e a entrada será um brinquedo novo ou em bom estado com certificação do Inmetro que será doado ao Provopar.

'É com muita alegria que a gente recebe essa parceria com a Secretaria de estado da Cultura, isso significa que já estamos antecipando a coleta de brinquedos e é mais um parceiro de grande valia que sem duvidas vai ser o diferencial para a coleta de brinquedos para o Provopar estadual', afirma a presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski. 

'Com o Domingo tem Teatro a gente firma uma posição de incentivador e promotor. E pelo fato de ser um evento que vai arrecadar brinquedos pro Provopar, nós fazemos um trabalho ao mesmo tempo cultural e social', complementa Fiani.

Quem pode participar
Cada proponente poderá participar com apenas 01 espetáculo. Somente poderá inscrever-se pessoa jurídica, legalmente constituída, de natureza cultural e com projetos de teatro voltados para crianças e adolescentes, conforme o edital.

Inscrições
As inscrições serão feitas exclusivamente por SEDEX, mediante a postagem própria do serviço, conforme prazo estipulado. Informações detalhadas com condições de participação, cronograma do edital, documentação para a inscrição, processo de seleção e divulgação do resultado devem ser consultadas no edital."

Edital: http://www.cultura.pr.gov.br/arquivos/File/cic/DOMINGO_TEM_TEATRO/Edital_01_2016.pdf

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

[Divulgação] O CAVALO BRANCO DE MURIAH - Cia Teatro Filhos da Lua



SINOPSE:
A peça teatral para crianças foi agraciado com o “EDITAL ORACI GEMBA” DE FOMENTO EM LITERATURA DRAMÁTICA em 2009, pelo fundo Fundo Municipal de cultura de Curitiba, tendo como resultado a publicação em livro. Esta obra teatral permanecia inédita até hoje.
O texto apresenta o tema da inclusão dos deficientes físicos na sociedade. De maneira lúdica e poética conta a história de um menino que após uma queda de cavalo fica com os membros inferiores paralisados. Porem este menino chamado Muriah não perde a alegria de viver e em seu cavalo de ferro, sua cadeira de rodas, ele vai atrás de seus sonhos, aventuras e superação. 

FICHA TÉCNICA:
Texto e direção: Renato Perré
Elenco: Renato Perré, Candiê Marques, Doriane Conceição, Analu Guimarâes e André Ribeiro.

SERVIÇO:
Horários: 17 e 18 de outubro de 2015 às 16h.
Local: TEATRO JOSÉ MARIA SANTOS (R. Treze de Maio, 655 - São Francisco)
Ingressos: R$ 10,00 – inteira
Horários: 24,25 e 31 de outubro de 2015 e 01 de novembro de 2015 às 16h.
Local: VILA HAUER CULTURAL (Rua Bom Jesus de Iguape, 2121 – Hauer )
Ingressos: R$ 10,00 – inteira
Produção: Renato Perré (041 9909-3996) teatrofilhosdalua@gmail.com


[Divulgação] IRMÃOS ZULUS: UM CONTO AFRICANO - Companhia Karagozwk


SINOPSE:
Depois do sucesso de Buanga, a Noiva da Chuva, contemplada por dois troféus GRALHA AZUL, de melhor direção infantil e melhor trilha sonora, a Companhia Karagozwk, dando continuidade à sua pesquisa na área de formas animadas, especificamente com teatro de sombras, inspirando-se em contos afro-brasileiros, vem contar a história do escritor Rogério Andrade Barbosa: “IRMÃOS ZULUS. Malandela pede ao seu pai para seguir a trilha de seus irmãos que tinham partido há muitas luas, em busca de fortuna. Depois de muito procurar, Malandela os encontra, e juntos, eles continuaram a jornada. No caminho encontram um reino muito estanho. Um feitiço havia transformado todos os habitantes em pedras. O velho ancião lhes conta que toda a vida do reino poderia ser salva caso os Irmãos Zulus realizassem três tarefas. Mas que tarefas seriam estas? Rogério Andrade Barbosa, autor e pesquisador, conheceu esta narrativa encantadora entre a população Zulus, que vive ao sul do continente africano, tão perita na arte de bordar adornos quanto na de contar histórias. Seguindo a trilha desta história você vai descobrir que a vida das formigas é tão valiosa quanto a nossa, bem como a de outros animais e bichos. Também conhecerá as lindas princesas de pedra, e terá contato com as sabedorias do universo africano e o quanto ele pode nos inspirar e ensinar.

SERVIÇO:
Horários: 17 e 18 de outubro de 2015 às 11h30, 15h e 17h
Local: TEATRO DE BONECOS DR. BOTICA (Avenida Sete de Setembro, 2775 - Shopping Estação – Rebouças)
Ingressos: R$ 15,00 - inteira e R$ 7,50 – meia entrada
Produção: Marcello Andrade dos Santos (041 3255-1844 / 041 9114- 9709) contato@teatrodesombras.com.br




sábado, 26 de setembro de 2015

[Divulgação] KARTAS DE UMA BONEKA VIAJANTE - Cia do Abração


A Cia do Abração estreia este fim de semana o seu 13º espetáculo para crianças de todas as idades, Kartas de uma Boneka Viajante, inspirado no livro "Kafka e a boneca viajante" de Jordi Sierra I Fabra. Não percam mais este lindo trabalho da Cia do Abração com apoio da ATINJ-PR, inaugurando o Edital de ocupação do Teatro Antonio Carlos Kraide, da Fundação Cultural de Curitiba.

SINOPSE:
O espetáculo narra o encontro de um desiludido escritor, com uma criança que chora por que perdeu sua boneca. Para alegra-la, inventa uma história dizendo que a boneca não se perdera, mas que estava apenas viajando. Resolve, então, criar cartas imaginárias escritas pela boneca, endereçadas à menina, contando sobre as aventuras em suas viagens, transformando-se, assim, em um carteiro de bonecas viajantes. A primeira carta da boneca à menina é um pedido de desculpa pelo seu abrupto desaparecimento, revelando-lhe sua necessidade de partir para descobrir novos mundos e crescer. As demais cartas mantém o vínculo da amizade, descrevendo-lhe o mundo de aventuras para que a menina pudesse compartilhá-lo. A última, uma bela despedida, confortante, libertando-a de suas carências e inseguranças.
Tal inusitada situação teria acontecido com o escritor Franz Kafka, um ano antes de sua morte, segundo relatos de sua companheira Dora Dymant. Tais cartas nunca foram encontradas, mas constituem um dos mistérios mais belos da narrativa do século XX e nos motivaram a imaginá-las e recriá-las, através desta proposta cênica.

FICHA TÉCNICA:
Direção: Letícia Guimarães
Dramaturgia: Criação coletiva sob a supervisão de Letícia Guimarães.
Cenografia: Blas Torres e Élio Chaves
Iluminação: João Theotônio e Edgard Assumpção
Figurinos e Adereços: Guga Cidral
Sonoplastia, composição e direção musical: Karla Izidro
Elenco: Blas Torres, Juliana Cordeiro e Kamila Ferrazzi

SERVIÇO:
Horários: 26 e 27 de setembro de 2015, 03, 04, 10, 11, 17 e 18 de outubro de 2015 às 15h.
Local: AUDITÓRIO ANTÔNIO CARLOS KRAIDE – PORTÃO CULTURAL (Avenida República Argentina, 3430 – Portão)
Ingressos: entrada franca
Produção: Cia do Abração (041 3362-9595 / 041 3362-9438 / 041 9129-9595) Karin Oniesko (041 8882-1622 / 041 9704-4631 / 041 9217-4335) João Victor (041 9960-9450) abração@ciadoabracao.com.br


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

[Divulgação] O BOTO – AMOR DE ROSAMAR - Cia Mataveri


“O Boto – Amor de ROSAmar” é inspirada em uma das mais famosas lendas folclóricas do Brasil e estreou em abril no II Festival de Teatro Infantil – Brinque, Lendas Brasileiras. Realizada pela Companhia Mataveri, em setembro "O Boto" volta aos palcos de Curitiba em curta temporada no AUDITÓRIO POTY LAZZAROTTO (MUSEU OSCAR NIEMEYER), não percam!

SINOPSE:
Na mitologia Amazônica, o Boto cor de rosa tem o poder de emergir das águas do rio e se transformar num belo rapaz, que seduz as mulheres que se sentem atraídas pelo seu estranho fascínio. A lenda do Boto está ligada aos ribeirinhos, às festas juninas, aos bailes caseiros e populares, quando então, todos se encontram para as festividades e as moças se enfeitam e aproveitam para namorar. É durante a noite, geralmente de luar, que o Boto aparece em forma de um homem alto, bonito, com um chapéu na cabeça e todo vestido de branco. Gentil e cavalheiro, todas as moças ficam encantadas e se deixam levar por sua beleza. Na manhã seguinte, volta a se transformar no boto.

Na adaptação "O Boto – Amor de ROSAmar", festa e música conduzem a encenação que apresenta de forma poética uma dessas vezes em que o Boto apareceu para enamorar. A dramaturgia é de Leo Moita e a direção é compartilhada por Daniel Valenzuela e Jean Carlos Sanchez. O elenco é composto por Lari Tomass, Bernardo Bravo, José Augusto Bergossi e Daniel Valenzuela. A equipe de criação ainda conta com os artistas Juliana Adur, Ricardo Alberti, Felipe Custódio e Lucas Amado. A realização é da Cia Mataveri.

FICHA TÉCNICA:
Texto: Léo Moita
Direção: Daniel Valenzuela e Jean Carlos Sanchez
Supervisão Artística: Fátima Ortiz
Elenco: Bernardo Bravo, José Augusto Bergossi, Lari Tomass e Daniel Valenzuela
Composição Musical e Sonoplastia: Bernardo Bravo e Rosy Greca
Arranjos: Ervin Fast
Estúdio: Estúdio do Troy
Preparação Corporal: Juliana Adur
Cenário: Ricardo Alberti
Figurino: Felipe Custódio
Iluminação: Lucas Amado
Realização: Mataveri Cultural
Co-Produção: Pé No Palco

SERVIÇO:
Horários: 12 a 27 de setembro de 2015 - Sextas feiras às 19h30, Sábados e domingos às 16h.
Local: MUSEU OSCAR NIEMEYER – AUDITÓRIO POTY LAZZAROTTO (Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico)
Ingressos: R$ 30,00 – inteira, R$ 15,00 – meia entrada
Produção: Daniel Valenzuela (041 9685-4999) mataverivultural@gmail.com